IBGE vai abrir seleção com 82.050 vagas e salários de até R$ 7.624.00.

IBGE vai abrir seleção com 82.050 vagas e salários de até R$ 7.624.00.

Com o objetivo de investigar e detalhar as características da agricultura, pecuária e agroindústria, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) prepara para o ano que vem um processo seletivo com 82.050 vagas temporárias para a realização do Censo Agropecuário.

As oportunidades, que estão sendo planejadas desde o início deste ano, para todo o Brasil, são para cargos de níveis fundamental, médio e superior. Os salários são de até R$ 7.624,00.

A realização da seleção já está prevista no orçamento de 2017. Mas, segundo a assessoria de comunicação do IBGE, a verba precisa ser confirmada pelo governo para que assim o órgão divulgue a previsão de publicação do edital.

Segundo o diretor da Associação e Sindicato Nacional dos Servidores do IBGE (ASSIBGE – Sindicato Nacional), Nelson Thomé, o presidente do IBGE, o economista Paulo Rabello de Castro, vem tentando, junto ao governo, viabilizar a pesquisa e, consequentemente, a seleção.

“O presidente Paulo Rabello de Castro está tentando viabilizar o Censo Agropecuário e, assim, o concurso para temporários sairia. Esse censo não tinha entrado no orçamento mas, por pressão do presidente, saiu emenda para realizá-lo. Falta agora a aprovação”.

Ele disse ainda que a associação defende a realização do censo, dentro do ponto de vista do agronegócio. “Também somos a favor do concurso para temporários, já que é uma pesquisa sazonal. Estamos na expectativa e vamos pedir
reunião com o Paulo Rabello de Castro para cobrar isso”.

Das 82.050 vagas, 250 serão, segundo o orçamento do governo, para analista censitário (nível superior, R$ 7.624), 486 para agente censitário regional (médio e carteira de habilitação, pelo menos, na categoria B, e R$ 3.458) e 700
para agente censitário administrativo (médio, R$ 2.018).

Consta no orçamento ainda a oferta de 5.500 vagas de agente censitário municipal, 12.540 de agente censitário supervisor e 174 de agente censitário de informática, de níveis médio e médio/técnico. Mas o grande destaque do edital serão as 62.400 vagas de recenseador, de nível fundamental.

Organização.

O IBGE teve autorização para realizar essa seleção em 2015 e chegou a divulgar edital, para 1.409 vagas, em janeiro. Como o governo, à época, cancelou o Censo Agropecuário, a seleção acabou anulada e o IBGE devolveu as taxas pagas. A organizadora era a Fundação Cesgranrio. As demais 80.614 vagas seriam abertas em outros editais em elaboração.

Fonte: Jornal A Tribuna, edição de 11.11.2016.

mais vagas...