Ganhe mais de R$ 5.000,00 sem ter Ensino Superior.

Ganhe mais de R$ 5.000,00 sem ter Ensino Superior.

Mesmo sem nível superior, há profissionais que conseguem ter salários interessantes no mercado. Há muitos casos de trabalhadores que conseguem ganhar mais de R$ 5 mil mensais. Foi o que apontou uma pesquisa da Catho que indicou os maiores salários para quem não tem formação acadêmica.

Conforme o estudo, a posição de técnico de petróleo é a profissão que lidera o ranking, com remuneração média de R$ 5.406. No Espírito Santo, de acordo com especialistas, há casos de vendedores de granito que chegam a ganhar até R$ 25 mil.

A diretora da Rhopen Catia Horts explica que, após fazer curso de formação, o candidato consegue ingressar no mercado de trabalho com um salário inicial que varia de R$ 3 mil a R$ 4,5 mil. “Vendedores deste segmento, considerando o tempo de carreira, a carteira de clientes e a política de comissionamento da empresa, podem conseguir de R$ 12 mil a R$ 25 mil por mês”.

É bom lembrar que, apesar de não ser exigido o curso superior, o vendedor precisa ter inglês fluente, ou seja, precisa de qualificação. O mesmo ocorre nas demais carreiras técnicas que vêm enchendo os olhos de muita gente por conta do salário.

Para a especialista em pessoas e carreiras, Gisélia Curry, o mercado de trabalho atual tem valorizado muito os cargos mais raros ao invés dos mais importantes. Segundo ela, isso dá oportunidade ao profissional sem curso superior de conseguir remunerações maiores. “É preciso, no entanto, apresentar conhecimento na função e alguma forma de qualificação, como curso técnico, que pode ser fundamental na hora de conquistar a vaga. A área do petróleo é uma das que concentra as maiores remunerações”.

A psicóloga Maria Rita Sales Régis dá como exemplo o cargo de soldador, uma função artesanal, de alta precisão. Neste caso, o salário médio gira em torno de R$ 3.850. “Os cursos técnicos duram, em média, 18 meses. Esse pode ser um bom atrativo para quem quer ingressar no mercado de trabalho”.

O diretor de Gente e Gestão da Catho, Murilo Cavellucci, explica que “o diploma técnico é capaz de preparar profissionais para exercer determinadas atividades que tiveram um crescimento importante nos últimos anos e passaram a oferecer remunerações mais atraentes”.

Análise.

Dispensar o “título” é uma boa.

Pesquisas apontam profissões de nível técnico que pagam até R$ 5 mil. Sendo nosso país marcado por paradoxos, no mercado de trabalho não seria diferente: estudar mais pode significar menos resultado financeiro. Ter formação superior na atualidade não garante salários atrativos. Importante dizer que o técnico também exige boa qualificação. Podemos atribuir a naturalização do terceiro grau e distanciamento das pessoas de funções menos glamourosas.

Aquele que está disposto a abdicar do “título”, arriscar e arregaçar as mangas, além de deixar o local de origem, ou seja, mudar de ares, tende a localizar oportunidades financeiras diferenciadas. Técnico é, dentro das empresas, função intermediária, sem tempo para ensaios. (Análise da psicóloga Maria Rita Sales Régis).

As profissões e os seus salários.

Técnico em petróleo.

Salário: cerca de R$ 5.406.

Área: extração de petróleo, óleo e gás.

Ferramenteiro de corte e repuxo.

Salário: cerca de R$ 4.662,50.

Área: industrial/ operações.

Técnico mecatrônico.

Salário: cerca de R$ 2,3 mil.

Área: industrial/operações.

Técnico em inspeção de equipamentos.

Salário: cerca de R$ 4.127,80.

Área: assistência técnica.

Inspetor de qualidade de instrumentos.

Salário: cerca de R$ 3.979,10.

Área: qualidade.

Técnico em obras.

Salário: cerca de R$ 3.940.

Área: engenharia.

Técnico em construção naval.

Salário: cerca de R$ 2.350.

Área: indústria.

Ferramenteiro de moldes plásticos.

Salário: cerca de R$ 3.886,70.

Área: industrial/ operações.

Técnico de planejamento.

Salário: cerca de R$ 3.813,20.

Área: administração.

Projetista mecânico.

Salário: cerca de R$ 3.810,60.

Área: industrial e operações.

Vendedor internacional de granito.

Salário: R$ 4,5 mil no início de carreira, mas podem chegar até a R$ 25 mil.

Área: mármore e granito.

Soldador.

Salário: R$ 3.850,00.

Área: industrial.

Técnico em automação industrial.

Salário: De R$ 4 mil a R$ 5 mil.

Área: industrial ou estaleiro.

Vendedor.

Salário: vai depender do produto e da fórmula de condicionamento da empresa a partir de R$ 5 mil.

Área: comércio.

Técnico eletrotécnico.

Salário: Este é diferenciado dentro da empresa e alcançam salário diferenciado. Entre R$ 3 mil e R$ 4 mil.

Área: indústria.

Técnico em química.

Salário: até R$ 3,5 mil.

Área: em vários segmentos inclusive o de alimentação.

Fonte: Gazeta Online, em 07.09.2016.

mais vagas...