Espírito Santo: Governo anuncia concurso com 1.025 vagas para professor e pedagogo.

Espírito Santo: Governo anuncia concurso com 1.025 vagas para professor e pedagogo.

O Governo do Estado anunciou, nesta terça-feira (24), um novo concurso público para o magistério estadual com 1.025 vagas para professor e pedagogo. O governador Paulo Hartung e os secretários de Estado da Educação, Haroldo Rocha, e de Gestão e Recursos Humanos, Dayse Lemos, detalharam as informações em entrevista coletiva, no Palácio Anchieta.

O governador Paulo Hartung explicou que o Estado tem avançado em políticas públicas inovadoras na área da educação. “Estamos reorganizando as redes do Estado e dos municípios. Estamos abrindo este concurso com mais de mil vagas para professores e, com isto, vamos trocar profissionais de designação temporária por efetivos. Esta medida dá mais estabilidade na rede de ensino Estadual. O concurso está dentro da peça orçamentaria de 2018 e, nas próximas semanas, vamos anunciar concursos para Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Polícia Civil. Assim complementamos um conjunto de contratações que pretendemos realizar em 2018”, adiantou.

“Realizar um concurso na Educação é uma tarefa trabalhosa, mas muito importante para melhorar a qualidade do ensino na rede pública estadual. Neste concurso teremos duas novidades, a abertura de 87 vagas para pedagogos e também a aplicação da prova didática. Essa etapa será aplicada para os candidatos das disciplinas de Matemática, Física e Química, que em sua maioria possuem complementação pedagógica. Estamos aprimorando o concurso público para o magistério, para que possamos atrair os melhores profissionais para a rede”, destaca o secretário de Estado da Educação, Haroldo Rocha.

O concurso terá três etapas de caráter classificatório e eliminatório: provas objetivas, discursiva e prática didática. O edital com todas as informações está previsto para publicação no dia 20 de novembro.

A prova didática, que é uma novidade no certame, será aplicada por meio de sorteio de um tema, em que o candidato tem de 15 a 20 minutos para ministrar uma aula para a banca avaliadora. Neste concurso, passarão pela prova didática os candidatos das disciplinas de Matemática, Física e Química.

Os salários dos professores da rede estadual podem variar entre R$ 1.982,55, para docentes com licenciatura plena, e R$ 3.554,92, para os com doutorado, por 25 horas semanais. Além do acréscimo do auxílio alimentação.

Vale destacar que, pelo plano de carreira do magistério estadual, a jornada básica de 25 horas pode ser estendida para até 44 horas semanais, possibilitando uma remuneração de até R$ 3.489,28 para docentes com licenciatura plena e R$ 6.256,65 para os com doutorado.

Vagas distribuídas por cargo/disciplina.

As vagas serão para 78 municípios capixabas e distribuídas por cargo/disciplina: Pedagogo (87 vagas), Arte (58 vagas), Biologia/Ciências (108 vagas), Educação Física (73 vagas), Espanhol (01 vaga), Filosofia (03 vagas), Física (67 vagas), Geografia (117 vagas), História (58 vagas), Língua Inglesa (10 vagas), Língua Portuguesa (170 vagas), Matemática (227 vagas), Química (44 vagas), Sociologia (02 vagas).

As vagas foram disponibilizadas após conclusão do concurso de remoção em agosto, quando mais de mil professores efetivos foram contemplados com a mudança para outra escola em caráter definitivo.

Vagas distribuídas por município.

As vagas distribuídas por município são: Afonso Cláudio (20 vagas); Água Doce do Norte (11 vagas); Águia Branca (03 vagas); Alegre (16 vagas); Alfredo Chaves (04 vagas); Alto Rio Novo (04 vagas); Anchieta (04 vagas); Apiacá (01 vaga), Aracruz (33 vagas); Atílio Vivácqua (01 vaga); Baixo Guandu (06 vagas); Barra de São Francisco (11 vagas); Boa Esperança (07 vagas); Bom jesus do Norte (01 vaga), Brejetuba (13 vagas); Cachoeiro de Itapemirim (40 vagas); Cariacica (180 vagas); Castelo (02 vagas); Colatina (24 vagas); Conceição da Barra (09 vagas); Conceição do Castelo (03 vagas); Divino de São Lourenco (04 vaga); Domingos Martins (05 vagas); Dores do Rio Preto (02 vagas); Ecoporanga (26 vagas); Fundão (04 vagas); Governador Lindenberg (07 vagas); Guaçuí (05 vagas); Guarapari (25 vagas); Ibatiba (04 vagas); Ibiraçu (05 vagas); Ibitirama (04 vaga); Iconha (05 vagas); Irupi (07 vagas); Itaguaçu (04 vagas); Itapemirim (05 vagas); Itarana (04 vagas); Iúna (05 vagas); Jaguaré (03 vagas); Jerônimo Monteiro (05 vagas); João Neiva (02 vaga); Laranja da Terra (02 vagas); Linhares (51 vagas); Mantenópolis (06 vagas); Marataízes (01 vagas); Marechal Floriano (03 vagas); Marilândia (06 vagas); Mimoso do Sul (01 vagas); Montanha (07 vagas); Mucurici (04 vagas); Muniz Freire (04 vagas); Muqui (05 vagas); Nova Venécia (07 vagas); Pancas (09 vagas); Pedro Canário (14 vagas); Pinheiros (07 vagas); Piúma (02 vagas); Ponto Belo (04 vagas); Presidente Kennedy (03 vagas); Rio Bananal (05 vagas); Rio Novo do Sul (08 vagas); Santa Leopoldina (03 vagas); Santa Maria de Jetibá (19 vagas); Santa Teresa (08 vagas); São Domingos do Norte (09 vagas); São Gabriel da Palha (01 vaga); São José do Calçado (01 vaga); São Mateus (12 vagas); São Roque do Canãa (05 vagas); Serra (187 vagas); Sooretama (10 vagas); Vargem Alta (01 vaga); Venda Nova do Imigrante (02 vagas); Viana (27 vagas); Vila Pavão (01 vaga); Vila Valério (04 vagas); Vila Velha (45 vagas) e Vitória (17 vagas).

Com este concurso, as vagas atualmente ocupadas por professores com contrato de designação temporária serão substituídas por efetivos. Assim, o Governo do Estado ganhará na operacionalidade e serão otimizados recursos.

O último concurso público para o magistério foi realizado em 2015, em que foram abertas 1.178 vagas para 76 municípios capixabas.

Fonte: www.es.gov.br.

Você pode gostar...